O modelo de indústria 4.0 está transformando a capacidade  de produção dos principais setores, incluindo o de fertilizantes e todo o agronegócio. A conectividade é base dessa transformação e a Internet das Coisas (IoT), a tecnologia que conecta cada vez mais toda a cadeia produtiva. A indústria 4.0 reúne uma série de tecnologias avançadas digitais e físicas para formar uma maior conexão físico-digital-físico – e pode potencialmente transformar o setor de fertilizantes, impulsionando o seu crescimento e simplificando as operações.

Da indústria 4.0 para a agricultura 4.0

A indústria 4.0 é vista como uma força transformadora que irá impactar profundamente a indústria, com base em uma variedade de tecnologias: Internet das Coisas, Big Data, Inteligência Artificial e práticas digitais: cooperação, mobilidade, transparência e inovação. Elas implicam em uma transformação do infraestruturas de produção, com fazendas conectadas, novos equipamentos de produção, tratores e máquinas conectadas. Essas novas tecnologias também permitirão tanto um aumento de produtividade e qualidade e quanto maior proteção ambiental. Mas também vão gerar profundas mudanças na cadeia de valor e modelos de negócios com mais ênfase na coleta de conhecimento, análise e troca.

Quando analisamos o desenvolvimento do agronegócio em geral, o volume de produção cresceu por conta do aumento das áreas de produção em larga escala, assim como por conta de novas tecnologias agrícolas, como fertilizantes, pesticidas químicos, antibióticos e hormônios. Isso começou com a automação das fábricas no final da década de 1970 e, desde então, novos equipamentos foram desenvolvidos para minimizar o custo e maximizar a produção.

Com o desenvolvimento da tecnologia, pouco a pouco os componentes das máquinas passam a se comunicar. Nesse processo, quando a era das máquinas inteligentes se generalizar – ela já começou a se espalhar – será aberto o caminho para a maximização do lucro de um negócio com a mais alta eficiência e qualidade, com o mínimo de energia e mão-de-obra. Os produtores que conseguirem isso mais rapidamente estarão vários passos à frente dos outros na competição. A produção agrícola por métodos tradicionais certamente perderá sua vantagem competitiva em termos de insumos.

Soluções customizadas

Cada planta de produção de fertilizantes exige uma solução única, aliada aos requisitos do cliente e na era da Indústria 4.0 os desafios podem ser facilitados com o uso da tecnologia.

Por isso a Eirich oferece projetos personalizados para atender aos processos da produção de toda a gama de fertilizantes. Na maioria dos casos, inicia-se um projeto com a análise das matérias-primas. Nossos engenheiros estão familiarizados com  detalhes do processamento de fertilizantes. Os sistemas de mistura, granulação, reação e recobrimento Eirich são altamente eficientes e confiáveis.

Quaisquer possíveis desafios relacionados à corrosão, acúmulo de material e desgaste são levados em consideração já no início da fase de planejamento. Nosso conceito de sistema é pensado desde o recebimento de matérias-primas e abrange muitos detalhes da cadeia de produção de fertilizantes. O objetivo é simplificar a linha de produção e, ao mesmo tempo, maximizar as opções com soluções customizadas que permitem misturar e granular diretamente no misturador ou em combinação com um prato granulador.

Transformando os processos de produção

Desse ponto de vista, podemos dizer facilmente que a transição do setor de fertilizantes para a indústria 4.0, como em outros setores da indústria, deve ser definitivamente o principal objetivo. Caso contrário, as empresas desse setor podem não ser capazes de competir com as outras empresas que transformaram sua forma de produção com a indústria 4.0 e podem não atingir o nível dessas empresas também no futuro. Se as medidas necessárias não forem tomadas e nenhuma melhoria for alcançada, no longo prazo, e talvez até no curto prazo, a competitividade será afetada.

É evidente que grandes mudanças estão acontecendo a uma velocidade exponencial ao nosso redor, principalmente com as ferramentas de Big Data. No entanto, essas mudanças são significativas e simplificam os processos industriais, alcançando uma produção perfeita, na qual os desafios típicos do setor de manufatura – falhas de máquinas, defeitos de produto, sucata – são eliminados, ajudando os fabricantes a operar da maneira mais eficiente possível.

Com as novas tecnologias, vários benefícios estão ligados aos processos de produção em todas as indústrias, como:

  • Maior produtividade e processos ágeis
  • Customização de produto
  • Aumentar as receitas: a oportunidade da fábrica inteligente de fornecer produtos de maior valor e melhor qualidade para mercados maiores significa que a fidelidade do cliente e contratos mais estáveis ​​podem ser alcançados
  • Melhor local de trabalho: a indústria 4.0 é uma simbiose de tecnologia humana na fabricação. Os funcionários são valorizados e apoiados pela adição de tecnologia em suas operações funcionais e capacidade de trabalhar remotamente
  • Comunicação aprimorada: dados detalhados são coletados, armazenados, processados ​​e compartilhados, fornecendo informações valiosas sobre todas as etapas dos estágios de planejamento e produção. Evita paradas ou falhas e promove um ambiente de trabalho mais conectado
  • Gráficos em tempo real

Nossos equipamentos estão prontos para atender aos requisitos da indústria 4.0, customizados para atender a demandas específicas. No caso de máquinas mais antigas, mas em perfeito funcionamento, indicamos a sua modernização ou retrofit para incluir novos recursos. Entre em contato ou ligue para (11) 4619-8908 ou (11) 99107-8932 e entenda como podemos ajustar a sua planta para a indústria 4.0.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Tags

62º CBC 7th ICC abceram abividro abravidro agribusiness agritech agro agroindustria agronegócio agronegócios alimenticio alimentos Aproveitamento de resíduos areia de moldagem areia verde argamassa baterias bebidas bndes bndes-finame Cerâmica cerâmica de revestimentos cerâmica-técnica cerâmicos classificação coating cominuição Concreto Congresso Brasileiro de Cerâmica construção coprodutos coronavirus covid-19 descarte de resíduos diatomitos dissolução economia nos custos de produção eirich eirichbrasil EirichGroup embalagens equipamentos equipamentos industriais eventos expomin2016 exposibram2017 farma farmacêutico fertilizante granulado Fertilizantes fertilizantes-npk Fispal 2019 fispal2018 força de trabalho fundição granulação indústria 4.0 industria alimentícia indústria de alimentos indústria vidreira industria-cerâmica insdústria International Congress on Ceramics ISO 22000 ISO 9001 manutenção preventiva materiais de construção meio ambiente metalurgia micropelotização mineração minériodeferro minérios de ferro mistura mistura de fertilizantes mistura intensiva mistura-industrial misturador misturador de alimentos misturador de dissolução misturador de laboratório misturador horizontal misturador para argamassa misturador para fertilizantes misturador para refratários misturador-eirich misturador-industrial misturador-intensivo misturadoras misturadores misturadores industriais misturadorintensivovertical moagem moagem-fina modernização modernização de plantas moinhovertical npk nutrientes pelotização planta industrial plantas industriais processos-de-mistura processos-industriais produção qualidade da areia qualidade do molde químico reciclagem recuperação de resíduos Recursos Humanos redução de custos redução de emissões reduçãodeminérios refratários resíduos resíduos sólidos retrofit revestimentos separação setor de mineração Setor pet siderurgia sinterização tecnologia Tecnologia de Controle Eirich tecnologia de mistura tecnologia-eirich tendências tintas towermill tratamento de superficies vidro vidro oco vidro plano vidro técnico vidros
mostrar todas as tags