Eirich do Brasil
eirich@eirich.com.br

Importância da pelotização de minerais para melhor uso e manuseio 13/08/2020

Sem comentários

A pelotização é um processo que é aplicado a alguns minerais, especialmente o ferro, para aglomerar partículas ultrafinas em esferas de um determinado tamanho ou diâmetro, conhecidas como “pelotas”. Essas pelotas são de tamanho uniforme, com alta resistência mecânica e grande porosidade, o que permite alta velocidade de reação e maior grau de metalização. Se necessário, para aumentar a dureza do produto ou facilitar o processamento, que é uma operação contínua, um agente ligante e agregados são adicionados durante a preparação no misturador intensivo.

Veja abaixo algumas das principais características desse processo:

  • Pelotização garante estabilidade e eficiência

Os processos de produção que utilizam minerais, como fertilizantes e minério de ferro, podem ser bastante aprimorados por granulação em muitos casos. Isso ocorre através do fluxo aprimorado do processo, aumento da eficiência e eliminação de poeira e finos.

E como os grânulos melhoram a transferência de calor em um leito de material, os minerais são frequentemente granulados antes do tratamento térmico. É o caso do minério de ferro, que é pelotizado e transformado em sínter na preparação do processo de fabricação de aço, porque reduz a quantidade de carvão metalúrgico necessário no forno, além de reduzir as emissões e oferecer várias outras vantagens.

  • Produto final com maior qualidade

Os minerais também são frequentemente granulados como uma maneira de controlar as características das partículas para melhorar sua aparência, manuseio e desempenho como produto final. Desde o gerenciamento da liberação do ingrediente ativo, até a otimização da densidade do produto e muito mais, as técnicas de processamento avançaram a um ponto em que os fabricantes são capazes de produzir um produto com a combinação exata de características que procuram. O processo de pelotização também é flexível em termos de controle da formulação do produto através da fácil inclusão de aditivos.

Por esses motivos, a granulação é uma técnica comum na indústria de fertilizantes e corretivos de solo. Aqui, os minerais podem ser granulados com adição de micronutrientes, agentes de ligação orgânicos ou outros aditivos benéficos para fertilizantes complexos de alto desempenho ou outro produto de tratamento do solo. O produto pode então ser revestido como parte do processo de pelotização para controlar as propriedades de liberação.

Existem vários métodos para produzir granulados revestidos. Quando se trata de aplicações mais desafiadoras e mais exigentes, a tecnologia de mistura e granulação do Eirich é particularmente econômica. O misturador é equipado com uma cuba de mistura rotativa e uma ferramenta de mistura que pode fornecer um amplo range de entrada de energia de mistura, da mais baixa a extremamente alta, dependendo dos requisitos do produto final.

  • Transporte mais fácil

Da mesma forma, as propriedades de manuseio e armazenamento são outro motivo importante para a pelotização de minerais. Desafios de manuseio e armazenamento, como geração de poeira, falta de fluidez, problemas de segregação e muito mais, podem ser resolvidos através da granulação, controlando as características das partículas, como densidade aparente, atrito, teor de umidade, forma e tamanho, entre outras.

O transporte de materiais que foram processados em granulados também é muito mais econômico e pode ajudar os produtores a evitar os passivos frequentemente associados a geração de finos durante o deslocamento.

Vantagens da granulação

Confira algumas das vantagens do processo de granulação:

  • Os granulados podem ser facilmente manuseados. Se antes eram um pó fino, difícil de manusear, com a granulação o pó passa a ter um formato redondo, comprimido, fácil de lidar
  • Os produtos granulados são de maior densidade. Uma vez que os granulados são partículas aglomeradas, agora eles têm uma forma definida com condensação adequada. Você pode empilhá-las convenientemente no armazenamento
  • A granulação forma uma massa compacta. Como os grânulos são densos e de formas esféricas, eles não poluirão mais o ar. É uma maneira ecológica de lidar com materiais potencialmente poluentes
  • Os grânulos são homogêneos e de tamanho uniforme. Você precisa misturar as matérias-primas antes da granulação, e assim os produtos resultantes são quase idênticos entre si
  • Os grânulos são estáveis. Após todo o processo de granulação, as propriedades físicas e químicas dos produtos são definidas e não mudam facilmente. Você pode transportá-las a granel por longas distâncias sem geração de finos ou armazená-las convenientemente
  • Permite descarte sem poeira de precipitador superfino e poeira de sacos, como acontece com resíduos de siderúrgicas, poeira de ferroligas, sílica ativa, poeira de forno de cimento e cal e resíduos de material de atrito. Isso pode ser muito crítico para a eliminação de multas de resíduos tóxicos e perigosos
  • Permite a reciclagem e processamento em tratamento de resíduos, como escórias, lamas de mineração e de aciaria, pós da sinterização, calcinação, coqueria, carepas e outros resíduos de siderurgia para retorná-los ao processo principal ou transformá-los em coprodutos

O sistema de mistura intensiva Eirich traz uma série de benefícios à pelotização ao reunir as diversas etapas de processamento ao mesmo tempo e em um único equipamento: mistura, compactação, aglomeração e pelotização. Este sistema está desenhado para processar materiais difíceis, como abrasivos (poeira de sínter, coque), corrosivos (clorados), pirofóricos (pó fino de ferro), reativos (cal viva) e extremamente viscosos com propensão a aglutinação.

Entre os benefícios, está a significativa redução do uso de aglomerantes, a melhora do consumo de energia por tonelada efetivamente produzida, a redução do retorno de materiais depois dos peneiramentos, a recuperação de resíduos ou fabricação de coprodutos, maior eficiência energética dos fornos, entre outras.


Conheça mais sobre o assunto aqui e entre em contato conosco.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *